Notícias

Os tipos de áreas e o que muda entre elas

Postada em 17/11/2017 às 11:18:01

Compartilhar:

Os tipos de áreas e o que muda entre elas

Diversas dúvidas surgem na hora de adquirir um imóvel. Localização, posição solar, como e com quem adquirir. Dentre tantos questionamentos, surgem alguns termos que, até então, você não tinha tido contato. Como, por exemplo, os tipos de área. Construída, ocupada, útil, privativa e total. Cada uma delas representa uma metragem e refere-se a um espaço diferente.

 

Entenda a diferença

Área Construída - Se refere ao somatório das áreas de pisos de uma edificação, inclusive as ocupadas por paredes e pilares. Por exemplo, se sua casa é um sobrado, a área construída será a soma da área de piso térrea com a do segundo pavimento, além da espessura de todas as paredes.

 

Área Ocupada - É a projeção horizontal da área construída de todas as partes cobertas das edificações existentes em um lote. Refere-se a superfície do lote ocupada pela projeção da edificação em plano horizontal, não sendo computados para o cálculo dessa área, elementos componentes das fachadas.

 

Área Útil - São as áreas de pisos de uma edificação, excluindo as áreas correspondentes às paredes e pilares, ou seja, o espaço dos compartimentos da unidade. Pode-se dizer que é a soma de cada área dos ambientes internos, descontando vagas na garagem e varanda. Deve ser considerada para planejar os cômodos e a decoração dos ambientes.

 

Área privativa - É a metragem dos cômodos que apenas o morador vai usar. É a área de uso exclusivo do proprietário, agrega tudo o que é privativo ao apartamento no edifício, incluindo vagas de garagem e cômodos de despejo. As paredes dos imóveis fazem parte da conta da área privativa dos apartamentos e, nos contratos, às vezes está descrita a área útil e outras vezes a área total.

 

Área total - Na área total entram itens como hall, corredor, espaço de circulação da garagem, salão de festas, piscina e espaço gourmet, entre outros. O espaço ocupado pelas paredes representa, em média, de 10% a 12% da área total. O restante é chamado de área útil. Em apartamentos, a medição é feita levando em conta toda a largura de paredes externas e, nas que são divididas com um vizinho, leva-se em consideração metade da largura. É a soma da área privativa da unidade autônoma com a área comum de divisão proporcional entre os condôminos.

 

Área Comum - Espaços que podem ser utilizados por todos os moradores de um condomínio, tais como salão de festas, piscina, playground, portaria e áreas de circulação.

 

 

Outras notícias

Enviar mensagem
Me Chame no WhatsApp