Notícias

Steel Frame, a evolução da construção civil

Postada em 24/11/2017 às 17:17:59

Compartilhar:

Steel Frame, a evolução da construção civil

Em dias onde soluções sustentáveis são a chave para a resolução de muitos problemas, encontrar uma alternativa ecologicamente correta para a construção civil é uma excelente opção na hora de elaborar um projeto.

Levando em consideração o tempo de obra e a redução no desperdício de materiais, a solução perfeita para isso é o uso do Steel Frame. Também chamado de construção seca, a técnica recebe esse nome pois dispensa o uso de água no canteiro de obras, com exceção da parte da fundação.

O Steel Frame foi apresentado pela primeira vez nos Estados Unidos da América e sua principal característica é a dinâmica na hora de construir. É um sistema estruturado em perfis de aço galvanizado, projetados para suportar altas cargas e trabalhar em conjunto com outros sub-sistemas e não apresenta restrições de uso em nenhum projeto. Tem excelente resistência à incêndio, uma vez que é revestido por placas de gesso acartonado.


Quais vantagens em optar pelo Steel Frame

Ao escolher o Steel Frame como técnica de construção do seu empreendimento, você garante  uma obra rápida e limpa, devido ao método de construção à seco. Facilidade de montagem e manuseio e, automaticamente, a redução dos prazos da obra. Pontos como a facilidade de passagem e manutenção de instalações elétricas, hidrossanitárias, entre outras, e a leveza e redução do custo de fundações, diminui as etapas construção.

Também há o ganho de área de 4% a 5, uma vez que as paredes internas de uma edificação nesses moldes possuem menor espessura que os tijolos. A redução dos  desperdícios, quando comparado à obras convencionais, também é uma realidade.


Etapas de construção

Fundação- Geralmente é montado sobre uma fundação tipo radier, executada sobre isolamento hidrófugo e com as alimentações elétricas e hidráulicas já instaladas. Após a fabricação dos painéis de aço, estes são fixados à fundação através de chumbadores.

Estrutura - A estrutura é composta de aço galvanizado e recebe um tratamento anticorrosivo especial, o que torna a vida útil do material superior a 100 anos.

OSB- A Oriented Strand Board é um painel constituído de tiras de madeira prensadas. O que aumenta sua resistência mecânica em relação a uma chapa de madeira comum.

Membrana - A estrutura externa é envolta com uma membrana especial e a barreira de vapor. Essa membrana regula a entrada de umidade e permite a transpiração da edificação.

Placa cimentícia - A placa é composta por uma massa de cimento reforçada com fibra de vidro, resultando em chapas com grande planicidade e estabilidade dimensional.

Base coat - Acabamento. Nada mais é do que uma massa aplicada em toda a extensão da parede, que impermeabiliza as placas.

Revestimento - A partir do base coat, a parede é tratada de forma convencional. Pode receber pintura, textura ou qualquer outro tipo de revestimento, tal como pedras, porcelanato ou madeira.

 

Outras notícias

Enviar mensagem
Me Chame no WhatsApp